Notícias

4 de junho de 2019

6 passos iniciais para impulsionar a transformação digital da sua empresa


Para além da presença online: a transformação digital deve começar pela mudança de mentalidade, trazendo o conceito para o seu core business

Com tranquilidade afirmo que você que lê esse artigo é empreendedor (a) e sabe da importância de fazer seu negócio crescer no meio digital. Dessa maneira, você tem investido em diversas estratégias digitais para marcar sua presença online, como website, redes sociais e e-mail marketing. Preciso te dizer, porém, que a transformação digital vai além disso.
A transformação digital é colocar o conceito do digital no coração do seu negócio, no core business, ao invés de encará-lo como mais uma ferramenta de comunicação ou reposicionamento. As marcas precisam se transformar não somente porque promovem experiências digitais aos consumidores, o que caracteriza ser “digital para fora”, mas também por reestruturar seu modus operandi para o digital, ou seja, se tornando “digital para dentro”.
Adotar uma cultura digital é gerar resultados positivos para o seu negócio, além de ser crucial para a longevidade da sua empresa no mercado. De acordo com o relatório Be the New Digital Enterprise, da consultoria Accenture, aqueles que entendem a transformação digital faturam 26% a mais do que os demais.
Um negócio digital é conectado e dinâmico, flexível o bastante para abranger as mudanças contínuas de um cenário volátil, incerto, complexo e ambíguo, a saber, do mundo VUCA. O líder de um negócio digital usa plataformas integradas e toma decisões com base em análises e processos colaborativos. Ele se apropria de um modelo de operação modular que aumenta a produtividade e velocidade de resposta, e coloca os consumidores no centro de todas as estratégias.
Por isso o mais importante aspecto da transformação digital é o seu impacto direto no mercado consumidor, alterando os seus hábitos de compras. Sempre conectado à internet, o cliente 4.0 busca informações, adquire produtos e serviços, compartilha experiências e opiniões sobre as marcas, e influencia outros compradores. O consumidor digital está cada vez mais exigente e demanda respostas instantâneas das marcas para suas necessidades e interesses.
De forma clara e direta, enumero logo abaixo quais os principais resultados da transformação digital para o seu negócio:
Aumento na lucratividade e produtividade – Se o faturamento da sua empresa cresce, é sinal de que seu produto ou serviço está sendo consumido. Isso naturalmente aponta para a existência de clientes mais satisfeitos.
Melhoria na satisfação de seus clientes – O consumidor percebe com nitidez a diferença de posicionamento de uma marca. Como o foco no cliente é inerente na transformação digital, o reflexo para ele é notório.
Estabelecimento de uma vantagem competitiva – Pelo fato de seus clientes estarem satisfeitos, sua empresa ganha notoriedade e se torna referência no ramo onde atua. Esse cenário lhe coloca muitos passos à frente da concorrência.
Capacidade para visualizar novos modelo de negócios – Embasado pelo conceito de ser digital, você adquire a habilidade de se adequar aos mais diferentes modelos de negócios. O que antes parecia uma barreira, hoje é visto como uma oportunidade de inovação e crescimento.
Você agora pode estar pensando “Certo, Sandra, entendi a importância de transformar meu negócio para o digital. Mas, como exatamente faço isso?”. Eu já estava ansiosa para essa sua pergunta e por isso, sem mais delongas, te apresento quais os 6 passos iniciais para impulsionar a transformação digital do seu negócio. Vamos lá!
Passo #1. Desenvolva um mindset digital
A transformação digital começa, de fato, com a mudança de pensamento e a busca por um mindset digital. Independente do segmento da sua empresa, o processo acontece de dentro para fora. É imprescindível compreender que o digital tem uma presença forte em todas as áreas do seu negócio e, por isso, a gestão deve considerar uma reestruturação interna significativa. Claro que esse processo de reinvenção não se realiza da noite para o dia. Não há um tempo definido para que o core business se torne digital. O mais importante é dar início à transformação digital e o momento é agora.
Liderança digital Para que seu negócio seja conduzido em uma gestão digital, seu papel enquanto líder é fundamental. Líderes digitais valorizam a motivação, transparência, comunicação direta e inovação. Na cultura empresarial digital, burocracia e o controle não têm espaço, mas a gestão colaborativa. O foco deve ser inspirar pessoas a se envolverem realmente na tomada de decisões.
Passo #2. Observe com atenção o comportamento do consumidor digital
Estou constantemente batendo na tecla de que o centro das suas estratégias na era da transformação digital é, e deve ser sempre, a satisfação do consumidor. Para atendê-lo de forma assertiva e surpreendê-lo positivamente, é preciso observar atentamente o seu comportamento. User Experience (UX) mostra dados relevantes sobre onde esse consumidor se encontra e onde quer chegar, o que busca e necessita, qual o meio que usa para interagir com sua marca e o que fala sobre ela.
Consumidor 4.0. É notório que os consumidores da era digital aproveitam cada vez mais as soluções proporcionadas por uma abundância tecnológica. Em um mundo com uma variedade de escolhas, as pessoas selecionam aquelas tecnologias que vão adotar, de acordo com as experiências que desejam vivenciar. As escolhas por si só dizem muito sobre seus clientes e mais do que isso: tais escolhas podem oferecer poderosos novos insights de soluções a seus clientes e, assim, indicar novas oportunidades de mercado.
Passo #3. Promova o equilíbrio entre pessoas, sistemas e processos
É preciso haver um equilíbrio entre esses três pilares da empresa: pessoas, sistemas e processos. Eles devem funcionar de forma conjunta. Dessa maneira, para a transformação digital, é necessário desenvolver uma visão 360º do negócio. Cito aqui alguns questionamentos que podem te ajudar a ter essa visão holística:
De que forma é feita a coleta de informações sobre a marca e seus consumidores?
Quais informações são importantes para seu negócio e para manter o relacionamento com o cliente?
De que maneira é realizado o feedback para o cliente, independente de qual seja sua demanda?
As soluções tecnológicas da sua empresa conseguem ser processadas em tempo hábil?
Seus funcionários aproveitam as oportunidades no tempo certo? Eles mantém uma boa comunicação entre si e contigo, e compartilham as experiências?
Agile Marketing. O Agile Marketing é uma metodologia de gestão muito útil para atender a uma série de novas demandas que a própria transformação digital traz. O cerne desse método é fracionar o desenvolvimento dos processos em entregas incrementais, para atingir uma meta estabelecida a cada etapa, até a conclusão final da entrega total do resultado. O Agile Marketing contribui para entregar valor mais rápido ao cliente e deixa muito mais claras e ajustáveis as definições do que será entregue a cada fase, permitindo mudanças de toda e qualquer natureza nas fases seguintes.
Capacidades modulares e atuantes em conjunto. Na transformação digital, os processos lineares desaparecem e as barreiras entre as diferentes áreas são quebradas, permitindo que o trabalho seja realizado de forma colaborativa e de diversas maneiras. As capacidades se tornam modulares e funcionam em conjunto para entregar soluções satisfatórias ao cliente e resolver os desafios do momento. Quando os processos são organizados em torno de um conjunto de habilidades, isso gera valor para toda a empresa, pois serão re-imaginados para serem mais rápidos, colaborativos, responsivos e produtivos.
Passo #4. Invista em estratégias e tecnologias digitais
Esse passo te estimula a rever os investimentos que tem realizado para fazer o seu negócio crescer. Você precisa garantir que investe em estratégias e tecnologias que acompanham o novo perfil do consumidor e aumentam a eficiência da empresa, tais como Big Data, marketing de conteúdo, chatbots, inteligência artificial, sistemas em cloud e assim por diante. A decisão por quais estratégias e tecnologias adotar não deve ser aleatória, mas de acordo com o que se busca com cada uma delas.
A análise de dados feita por plataformas de Big Data, por exemplo, te ajuda a melhor entender o que os clientes querem e te oferece insights para agir a partir disso. Com o entendimento aprofundado advindo da interação com cada cliente você poderá entregá-los experiências ainda mais personalizadas em todos os canais de comunicação e venda. O marketing de conteúdo, por sua vez, possibilita que você entregue informações qualificadas e relevantes ao consumidor com o intuito de auxiliá-lo na busca por soluções para suas demandas. Além disso, essa estratégia digital contribui significativamente para fortalecer a relação com seu cliente.
Interação humano-máquina. As empresas digitais usam a Inteligência Artificial para automatizar atividades corriqueiras e repetitivas, liberando os funcionários para serem mais produtivos e se concentrarem no que fazem melhor. Esse são fatores que aceleram a velocidade de resposta ao cliente e inspiram autoridade no mercado. À medida que as empresas se tornarem mais digitais, vão precisar de pessoas que tenham uma visão diferenciada, que buscam resultados ainda mais eficientes para o negócio. Na transformação digital, humanos e máquinas trabalham na mesma equipe e cada um traz um conjunto de habilidades essenciais, que devem ser aproveitadas em todo o seu potencial.
Passo #5. Capacite sua equipe com treinamentos corporativos
Se toda a empresa precisa estar envolvida no processo de transformação digital do seu negócio, você deve criar condições para prepará-la para agir adequadamente. O treinamento corporativo é uma ferramenta de grande utilidade, pois capacita sua equipe dentro do próprio ambiente de trabalho, em horários que não choquem com a rotina usual da empresa. O conteúdo dos treinamentos corporativos é personalizado e de aplicação imediata, com o objetivo de fazer a transição necessária na cultura organizacional. O propósito é preparar os funcionários com materiais qualificados e de valor agregado, para que eles venham a desempenhar melhor suas funções. Recursos Humanos 4.0. O Recursos Humanos (RH) 4.0 deixa de exercer uma função meramente administrativa para se aprimorar no uso das ferramentas digitais e no reconhecimento das potencialidades dos funcionários e das áreas onde atuam. Entender os talentos, habilidades e aspirações das equipes permite que o RH personalize o recrutamento, a gestão de talentos e os treinamentos internos. Investir em Inteligência Artificial no RH digital proporciona diminuição dos custos, que podem ser revertidos na qualificação dos próprios colaboradores. Na transformação digital, fatores emocionais como engajamento, qualidade de vida e status são igualmente, ou até mais importantes, para os funcionários do que renda e benefícios.
Passo #6. Reforce parcerias e alimente um ecossistema digital
As empresas digitais integram seus principais negócios com parceiros, moldando um ecossistema digital que possibilita novas oportunidades de crescimento. Quando as empresas trabalham juntas em direção ao mesmo objetivo, existe um maior potencial de rentabilidade para ambas e maiores chances de alcançar novos públicos. A troca de informações dos clientes nas plataformas em comum também permite interações mais personalizadas com eles. Dessa forma, juntas, as empresas podem inovar de forma sistemática e com frequência, e se concentrar em soluções assertivas para problemas.
Formar essas novas parcerias exige uma mentalidade aberta, mas as possibilidades de valor são infinitas. Se uma empresa, por exemplo, sentir a necessidade de preencher uma lacuna interna de talentos, um parceiro seu pode assim fazê-lo, agregando valor imediato nessa interação.