Notícias

12 de julho de 2016

Marketing de conteúdo aumenta contatos comerciais em até 5 vezes


A crise econômica está fazendo com que as empresas descubram as vantagens do marketing de conteúdo para conquistar clientes e alavancar novos negócios. Segundo a pesquisa Content Trends 2016 realizada por uma agência especializada, a estratégia já é utilizada por 70% das companhias brasileiras (principalmente as de pequeno e médio porte) para geração de leads, vendas, reconhecimento de marca e fidelização.

Para os pesquisados, o marketing de conteúdo foi responsável por aumentar em 4 vezes o tráfego mensal dos sites  e em até 5 vezes a geração de leads. Os bons resultados vem fazendo com que o orçamento para essas atividades venha aumentando, e a média atual já chega a quase 30% do budget das áreas de marketing e vendas.

Mas o que é, afinal, marketing de conteúdo? Em termos práticos, é fazer a sua empresa ou marca conhecida prestando serviços ou entretenimento ao seu cliente/consumidor por meio de informações relevantes. Podem ser dicas de cuidados e alimentação dos bichos de estimação, caso da Meu Amigo Pet; guias e tutoriais sobre instalações e consertos de encanamentos (Tubos e Conexões Tigre), dicas para tratar das unhas e cores da moda (Esmaltes Risqué), ou receitas culinárias com produtos oferecidos pela loja (Supermercados Dia%), só para citar alguns dos exemplos mais conhecidos no país.

O conteúdo pode ter diversos formatos, desde os tradicionais (textos, imagens, fotos, vídeos, eventos presenciais, shows), quanto novos recursos que vem surgindo graças à popularização da tecnologia e da web, como webinars (palestras online), aplicativos (apps) e até games. Quanto mais formatos forem utilizados, mais chances o seu cliente ou potencial cliente terá de acessá-lo, mas o mais importante é a qualidade do conteúdo. Ou seja, que ele atenda aos interesses e necessidades do seu público em potencial.

Sites, blogs, SEO, campanhas pay per click (PPC) como o Google Adwords, e-mail marketing e gestão das redes sociais tem o papel não só de promover mas também envolver e engajar o público com o conteúdo. O objetivo e principal diferencial desse trabalho é estabelecer um vínculo pessoal entre a marca, produto ou serviço e o seu usuário ou potencial usuário.

Exemplo já clássico dessa interação é o Pinguim, personagem criado pela rede de varejo Ponto Frio para interagir com o público nas redes sociais. Simpático e bem humorado, ele conta piada, solta frases divertidas, faz brincadeiras, posta fotos da “família” e da “namorada” enquanto promove os produtos, estabelecendo uma forma de comunicação totalmente diferenciada com os consumidores.

Marketing de conteúdo – ciclo de engajamento

Por sua vez, organizar todo esse trabalho em uma estratégia de “ciclo de engajamento”, também conhecida como “jornada do consumidor”, vai sistematizar o processo e aumentar o potencial de geração de leads (contatos comerciais) e vendas. Cada conteúdo e forma de promoção cumpre um papel determinado dentro do ciclo, composto por cinco etapas: Atrair > Capturar > Nutrir > Converter > Expandir.

A forma mais eficiente de monitorar o desempenho e os resultados das ações de marketing de conteúdo atualmente é através de plataformas de automação de marketing, como a Act-On. Além de integrar e encadear conteúdos (e-book, posts, artigos, webinars), mídias (sites, blogs, redes sociais) e ações (Adwords, SEO) as plataformas (como seu próprio nome já diz) permitem automatizar as campanhas, principalmente de e-mail marketing, aumentando a produtividade da equipe. Outra vantagem é a possibilidade de monitorar os prospects individualmente e estabelecer uma pontuação para cada atividade que executam no ciclo de engajamento: por exemplo, visitar o site (1 ponto), o blog (5 pontos), assinar a newsletter (10 pontos), baixar um e-book (20 pontos). Os prospects que acumularem maior número de pontos estarão “maduros” o suficiente para uma abordagem comercial.