Notícias Fecomercio

8 de março de 2018

Custo de vida na região metropolitana de São Paulo tem alta de 0,05% em janeiro


De acordo com a FecomercioSP, a atividade de transportes voltou a puxar a elevação do custo de vida, com variação positiva de 0,77% no mês

O custo de vida na região metropolitana de São Paulo teve uma discreta elevação de 0,05% no mês de janeiro deste ano, ante a alta de 0,75% registrada em dezembro de 2017. Em janeiro do ano passado o aumento havia sido de 0,25%. Essa é a menor variação desde junho de 2017, quando o custo de vida recuou 0,32%. Nos últimos 12 meses, a alta do indicador foi de 3,62%. No mesmo período do ano passado, a alta observada era de 5,85%.
Os dados são da pesquisa Custo de Vida por Classe Social (CVCS), realizada mensalmente pela Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado de São Paulo (FecomercioSP).

Três dos nove grupos que compõem o CVCS assinalaram variações negativas no primeiro mês do ano: habitação (-0,81%); artigos do lar, (-0,12%); e vestuário (-1,47%).
A atividade dos transportes voltou a puxar a alta do custo de vida, com variação positiva de 0,77% no mês. No acumulado dos últimos 12 meses, houve uma elevação de 5%.

A pesquisa revela que as classes A e D foram as que mais sentiram o aumento dos preços no primeiro mês do ano, com altas de 0,08% e 0,07%, respectivamente. A classe de renda E foi a que menos sentiu as pressões nos preços, no primeiro mês do ano, mantendo-se praticamente estável no contraponto com dezembro de 2017, com variação de 0,01%. Confira a matéria completa aqui.

Voltar para Notícias