Notícias locais

14 de março de 2022

Agenda Institucional do Comércio é destaque de reunião da CNC


A nova ferramenta criada pela Divisão de Relações Institucionais (DRI) reúne as pautas prioritárias aos setores do Comércio

A segunda reunião ordinária da Diretoria da Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC), realizada no dia 10 de março, foi marcada pelo lançamento do projeto da Agenda Institucional do Sistema Comércio, que irá reunir as pautas prioritárias às federações, sindicatos e entidades do Sistema Comércio.

Os detalhes da nova ferramenta foram apresentados aos integrantes da RD pela chefe da Divisão de Relações Institucionais (DRI) da CNC, Nara de Deus Vieira, e pelo especialista técnico Felipe Oliveira. Na ocasião, foi anunciada a realização de um seminário que irá discutir a Reforma Trabalhista, mostrando a importância de sua consolidação para o País.

Devido ao avanço da vacinação contra a Covid-19 e à flexibilização dos protocolos de proteção, o evento foi realizado com maioria presencial, após vários meses no formato híbrido. “Com fé em Deus, o formato presencial será permanente, pois a alegria de estarmos juntos é imensa”, disse o presidente da CNC, José Roberto Tadros.

Agenda

De acordo com Oliveira, a Agenda Institucional do Sistema Comércio reúne todas as pautas prioritárias aos setores do Comércio e as aborda de maneira clara e contextualizada, a fim de fortalecer o posicionamento político das entidades e ampliar a capacidade de atuação junto às autoridades públicas.

A agenda estará dividida em macro temas, tais como: legislações empresarial, tributária, trabalhista, do consumidor e sindical; normalização comercial, acesso ao crédito, infraestrutura, poder público e micro e pequenas empresas (MPE).

“Esta agenda institucional irá se desdobrar em uma proposta de governo a ser entregue pela CNC aos presidenciáveis, o qual apontará inúmeras possibilidades para alavancar o crescimento dos setores do Comércio,”, explicou ele.

Reforma Trabalhista

Em se tratando de pautas prioritárias, o vice-presidente da Fecomércio-SP, Ivo Dall’Aqua, anunciou a realização de um seminário, no dia 19 de abril, para discutir os benefícios da Reforma Trabalhista ao setor produtivo e equívocos em torno de uma possível revisão da reforma sancionada em 2018, no governo do ex-presidente Michel Temer.

De acordo com Ivo, o objetivo do seminário é reforçar os benefícios desta reforma com empresários e representantes do setor terciário, que trouxe, principalmente, segurança jurídica nas relações entre empregadores e empregados.

“A nossa proposta é harmonizar os discursos pró-reforma e levar a nossa visão à sociedade, com a ajuda dos meios de comunicação. Afinal, estão usando a reforma que ocorreu na Espanha como corolário”, afirmou.

Agradecimentos

Os presidentes da Fecomércio da Bahia e do Rio Janeiro, respectivamente Carlos de Souza Andrade e Antônio Florencio Queiroz Júnior, agradeceram ao presidente José Roberto Tadros pelo apoio e solidariedade às cidades atingidas pelas fortes chuvas, no primeiro trimestre.

“O presidente Tadros foi proativo e solidário, não medindo esforços em ajudar a população de Petrópolis. Quero agradecê-lo pelo empenho e pelo gesto de humanidade”, afirmou Florencio. “Nós pedimos o apoio do presidente Tadros ao povo do sul da Bahia, que sofreu com as alagações. Ele nos respondeu prontamente. As cestas básicas chegaram à população que mais precisava. Eu, pessoalmente, cuidei das entregas”, afirmou.

Voltar para Notícias