Notícias locais

21 de setembro de 2020

Estabelecimentos podem fazer uso de ferramenta gratuita para criar comércio eletrônico


Expresso MEI de setembro também explica as vantagens do pagamento por link e lista quatro passos para emissão de nota fiscal

Os Microempreendedores Individuais (MEIs) e as micros e pequenas empresas (MPEs) podem fazer uso da plataforma gratuita de criação de e-commerce criada em parceria entre a Loja Integrada e o Google. O programa, desenvolvido pelas duas empresas e que tem tudo para potencializar as vendas do varejo, é tema da capa do Expresso MEI de setembro, informativo editado mensalmente pela FecomercioSP.

Confira também outras dicas relacionadas ao comércio eletrônico na entrevista com o awareness (engajador de marca) do Mercado Livre, André Santos. Ele também esteve no webinário organizado pela Federação em 30 de julho para falar sobre como o MEI pode iniciar as vendas pelo marketplace.

A edição de número 3 também explica as vantagens do pagamento por link e como o MEI pode utilizá-la, além de listar quatro passos para o MEI emitir a nota fiscal. Já a seção “Pergunte ao consultor” responde como o MEI pode controlar gastos e receita e ter um melhor planejamento financeiro – de acordo com material desenvolvido pela assessoria econômica da FecomercioSP.

O acesso ao Expresso MEI é gratuito. Para acessar o conteúdo completo, clique aqui e se cadastre.

Voltar para Notícias