Notícias locais

22 de abril de 2019

Josias de Albuquerque


Por Geraldo Julio, prefeito de Recife para o Jornal do Commercio

Recentemente a sociedade pernambucana perdeu um de seus mais emblemáticos e aguerridos militantes em prol da educação enquanto ferramenta de fomento à economia e de instrumento de transformação social: Josias Albuquerque.

Mas se perdemos a convivência com o presidente do Sistema Fecomercio, podemos testemunhar o legado que deixou para a cidade através de sua incansável luta pela igualdade de oportunidades através da qualificação e do desenvolvimento do comércio local.
Filho do Recife e com formação em direito e história, Josias Albuquerque estreou cedo no mundo do trabalho, ainda em sua adolescência. Egresso da área de metalurgia, enveredou também cedo junto às atividade que instalariam escolas artesanais por todo o Estado. A vocação pela educação o acompanhou ao longo de sua jornada, em que caminhou ao lado de conceitos de responsabilidade social e desenvolvimento empresarial.
A despeito de todas as instituições públicas pelas quais passou, sempre a serviço da educação – seja no Departamento de Formação Profissional da Secretaria do Trabalho e Ação Social ou na Secretaria de Educação do Estado, entre outras – terminou por assumir a presidência do Sistema Fecomercio do Estado em 1996. Desde então, passou os últimos 23 anos dedicado a transformar a instituição e colocar filiados e popluação no cerne de suas preocupações institucionais. Em seis gestões sob sua tutela, investiu continuamente em iniciativas como unidades móveis de educação, ampliando ações de educação profissional e técnica e viu surgir ainda a Faculdade Senac, referência na área do setor de serviços.
O Recife tem muito a aprender com iniciativas de realizadores como Josias Albuquerque. E é nestas pessoas compromissadas com a sociedade que a Prefeitura do Recife se inspira sempre em busca de melhoria para seus cidadãos, seja através de programas como o ProUni Recife, as salas do empreendedor, o Qualifica Recife as agências de emprego. Todas ações com foco no cidadão e em seu protagonismo como agente determinante para o futuro coletivo de uma cidade cuja maior riqueza é, justamente, as pessoas que nela habitam.

 

Foto: Divulgação

Voltar para Notícias